PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio

PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio
A mesma Parada vista por dois olhares

18 de janeiro de 2011

Um Olhar sobre a Capital

Meus caros amigos

Tenho recebido chamadas de atenção, via telemóvel e e-mail, dando-me conta da “hibernação” que tem atingido este espaço. Bem sei que tenho andado um pouco arredado no que a “postagens” diz respeito, mas motivos tanto de ordem profissional bem como de índole pessoal me têm feito descurar um pouco este meu/nosso blog.

Também é verdade e aqui vos quero deixar bem expresso que, abandonar um projecto, seja ele qual for, não faz parte da minha maneira de ser nem meu modo de estar na vida.

Reforçando o que acima referi, quero hoje e aqui começar uma rubrica a que chamarei “Um Olhar sobre a Capital”, onde pretendo retratar através de algumas “chapas” de minha autoria as belezas que um espaço de grande buliço e agitação, pode conter.

Contando com a vossa fidelidade…

Quem quer quentes e boas!

(O vendedor de castanhas à saída da estação ferroviária do Rossio)

Chafariz no Rossio - Lisboa

(Fonte Barroca na praça D.Pedro IV, mais conhecida por Rossio)

Rossio - Teatro D.Maria II

(Fonte Barroca à frente do Teatro D. Maria II – Rossio)

Um abraço e um Olhar deste vosso

Manuel Afonso

0 comentários: