PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio

PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio
A mesma Parada vista por dois olhares

27 de abril de 2010

Um olhar sobre a Parada (Bragança)

Meus caros amigos;

Eis-me regressado de uma semana retemperadora, passada na minha terra natal, onde tive oportunidade de me desintoxicar de todo o stress e poluição proporcionados pela vida citadina.
Como não poderia deixar de ser levei a minha amiga a tiracolo e tive ocasião de fazer algumas "chapas", algumas das quais serviram para efectuar uns pequenos vídeos, os quais seguidamente aqui vos colocarei à disposição.
Entretanto, algumas pessoas, leitores deste blog, apresentaram-me as suas dúvidas em relação à minha Terra Natal - Parada. Confesso que foi intencional o facto de não ter desvendado por completo a sua localização e demais atributos no post anterior.
Vou agora partilhar um pouco mais dessa bela localidade que me viu nascer.
Começa o passeio a sensivelmente 20 kms de Bragança, sede de concelho.
Placas Rodoviárias
Já muito próximos, somos brindados com uma paisagem que nos embriaga de beleza e nos inunda de um sentimento de liberdade extrema que nos faz sentir tão pequenos perante tanta imensidão.
Panorâmica da entrada em Parada
Chego então à minha casa e sou recebido pelo guarda Leão e pela sua filha de 2 anos.
A minha casa
O Guarda Leão Filha do Leão (2 anos)

Após uma breve pausa para descanso e agora sim sem mais comentários, mas com muito sentimento deixo-vos com um pequeno sabor de Parada.
Capela de São Roque
Igreja Matriz
Berrão do Adro
Pedra em forma de porco macho (diz-se que a fêmea é a porca de Murça)
Igreja Matriz - Vista interior
Pode verificar-se a beleza e riqueza do Altar-mor
Pia Baptismal
Aqui foi este vosso amigo Baptizado.
 Capela do Sr. de Santa Cruz Capela da Srª do Carmo Pavilhão Multiusos
 
Espero que tenham ficado, com uma pequena ideia, da beleza que é Parada - Bragança. Visitem-na quando poderem que não ficarão desiludidos.
 
Para identificarem as fotos basta passarem e permanecerem com o rato, alguns segundos, por cima delas.

Um abraço e um Olhar deste vosso
Manuel Afonso

12 comentários:

Queiroz Limão disse...

Meu caro Manuel Afonso.
Satisfaz-me enormemente verificar que ainda existem pessoas que têm orgulho nas suas raízes e divulguem as suas terras natais com tanto fervor e carinho.
Apesar de ser de uma aldeia do Centro, entre Almeida e Vilar Formoso, comungo inteiramente com os seus princípios e acrescento que as localidades neste nosso país, sejam elas de que zona forem, são todas extremamente belas e pouco diferem de umas para as outras. Continue a deliciar-nos com as suas fotos que eu, pelo menos, serei seguidor fiel do seu blog.
Queiroz Limão

Anónimo disse...

Caro Manuel Afonso,

As fotografias estão espectaculares, traduzem exactamente a beleza da nossa terra. Para mim é a terra onde nasci e onde passei momentos espectaculares em férias de Verão e Natal, e onde tenho a minha familia que todos os anos revejo com muita saudade e alegria.
Vou acompanhar as suas divulgações da nossa terra.

João Esteves, nascido em 1966, no Bairro do Carriçal em Parada Bragança.

ilda geraldes lima disse...

é a aldeia mais linda de portugal está sempre no meu coração tem uma paisagem deslumbranteé uma terra e grande tradição um abraço a todos beijos aos meus pais antonio e salete e minhas irmas um bem haja ao manuel afonso pelas bonitas fotos que colocou para toda a gente ver a beleza da nossa terra.

ilda geraldes lima disse...

Parada linda nossa terra amor que grande orgulho em ti poder viver,
Em noites claras de luar sorrir cantar dar vida ao nosso ser;
somos teus filhos jovens de ideal,que em ti vivemos cheios de esplendor e nest secção teatral a até final cantamos com amor;
somos na vida a risonha idade no edeal perdida fresca mocidade,
feia de esprança luz corações sinal confiança das nossas canções.
Este é o hino da minha querida aldeia parada de infanções se não estiver bem peço desculpa alguem que o corrija.

ilda geraldes lima disse...

estoua retificar um pequeno lápso ao escrever o ino de parada.
parada linda nossa terra amor que grande orgulho em ti poder viver, em noites claras de luar sorrir cantar dar vida ao nosso ser,somos teus filhos jovens de ideal, que em ti vivemos cheios de esplendor e nesta secção teatral até final cantamos com amor;
somos na vida a risonha idade no edeal unida fresca mocidade, cheia de espralça luz nos coraçõessinal confiança das nossas canções.

olá peço desculpa foi um pequeno engano que tive mas depois quando li apercebi-me o que estava mal chau.

ilda geraldes lima disse...

olá parada linda aldeia que quando me lembro sinto grande alegria qundo a vou visitar um abraço aos meus e as minhas e sobrinha um beijo.

ilda disse...

aqui estou eu mais uma vez a elogiar a minha aldeia uma das mais bonitas do conselho de bragança pela sua bela paisagem enfeitada com frondosos castanheiros de um verde intenso e profundo pelo lindo desflorir das oliveiras daqiu a pouco pelo pintar dos bagos das inumeras castas que embelezam a sobreda e as pessoas acolhedoras que dão vida aquela aldeia um abraço.

José Miguel Pereira Miranda disse...

As fotografias estão espectaculares, traduzem exactamente a beleza da nossa terra. Espero que continues a divulgar a nossa terra e as nossas gentes. Acredita que o blogue foi encontrado pelo meu filho de 11 anos que também gosta e admira esta pequena grande terra.
Cumprimentos destes filhos de Parada
José Miguel Pereira Miranda
Laurinda Rita da Silva
Júlio Miguel da Silva Miranda

Joaquim santos disse...

Gostei sim de conhecer um pouco
da sua terra natal faz lembrar
Moimenta da beira( terras do demo)
Que todos devem conhecer.Espero
velo visitar a sua magnifica paisa
gem por longos aninhos.
Boas fotos parabéns.
Um abraço Joaquim Rinchoa

ilda geraldes lima disse...

olá ca estou eu outra vez gostei muito da pequena biografia que escreveu e ilustrou com as magnificas imagem da nossa aldeia e também quero aqui salientar como o afonso fez as pedras de granito que temos a chegada a parada esta aldeia já merecia ago de digno as fotos estão muito principalmente da tia biatriz e o tio esteves estão muito bem um abraço.

francisco teixeira disse...

es um grande filosofo,gostei,continua assim,um grande abraço do tambem transmontano,mas de vinhais,francisco teixeira e tambem fuzileiro do primeiro curso.

machado disse...


Manuel não imaginas a minha Alegria ao rever a nossa querida Terra

tive a oportunidade de rever a minha infância e os lugares onde todos

juntos brincavamos enquanto os nossos queridos pais se deliciavam ver

-nos a brincar alegres e felizes.Grato pela bela inciativa, continua s

empre. Maria Inacia Machado