PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio

PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio
A mesma Parada vista por dois olhares

3 de fevereiro de 2017

Talentos da minha aldeia



 Meus caros conterrâneos amigos e leitores

Hoje, quero partilhar convosco algo que há muito tempo estava nos meus planos divulgar. Na verdade chego à conclusão que na minha linda aldeia, Parada de Infanções, existem pessoas de muito valor. Vozes encantadoras, artesanato, cultura de representação ao nível de teatro, como exemplo o Auto dos Sete Infantes de Lara, Tradições como o cantar dos Reis, a serra das velhas, enfim um sem número de actividades que muito nos dignifica.

Hoje apresento neste meu singelo espaço virtual, as minhas amigas.
Ana Rodrigues Afonso
Maria Amélia Machado













Ambas cantam muito bem o fado, convidei a Ana para trautear um dos meus fados favoritos “O Embuçado” e para a Amélia, “O Xaile de minha mãe”.

Eu sei que este trabalho fica incompleto, pois o ideal seria com o acompanhamento instrumental da guitarra e viola. Mas como diz o povo “quem não tem cão caça com gato”, resolvemos fazer a gravação cantando à capela.

Neste contexto, não me cansarei de divulgar a riqueza da minha aldeia e suas gentes.

Aqui ficam estes dois singelos vídeos, na expectativa de que todos quantos por aqui passarem desfrutem destas demonstrações.

video
video

0 comentários: