PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio

PARADA - Lar, Doce Lar - Meu Berço e meu Refúgio
A mesma Parada vista por dois olhares

26 de julho de 2014

Há festa na nossa aldeia

Meus caros amigos, conterrâneos e leitores!

S. Roque Hoje, ao fazer uma reflexão sobre os tempos do meu percurso de vida, veio-me à memória o tema deste trabalho.

Na verdade, considerando o trabalho árduo e generoso de todos quantos, ao longo dos anos, deram o seu contributo para que as festas se tornassem num puro ambiente de convívio social e festivo, creio ser de profunda obrigação, louvar todos os mordomos das nossas festas.

Sou do tempo, e todos os da minha geração devem recordar, quando as ofertas eram feitas em géneros. Oferecia-se alqueires de cereal, chouriços e demais produtos, para posteriormente serem vendidos, realizando as verbas para custear as despesas das festas.

Tudo se tem transformado. Actualmente as dádivas são em numerário, minimizando os trabalhos que outrora eram difíceis.

DSC_0579 Em Parada, como na generalidade das aldeias portuguesas, no mês de Agosto, realiza-se a festa anual. Os nossos emigrantes, visitam-nos, os migrantes também marcam presença na sua terra, aí se confraterniza e organizam os mais variados eventos, actividades desportivas e culturais, enfim, tudo o que nos torna felizes e nos faz esquecer por alguns momentos a vida difícil do quotidiano.

No ano transacto, um grupo de amigos conterrâneos, cheios de boa vontade, voluntariaram-se a organizar as nossas festas em honra de S. Roque e Sr.ª do Carmo. A sua juventude e dedicação, são de grande envergadura, o que sinceramente demonstra grande generosidade.

Recebi o programa devidamente elaborado, que considero estar excelente. Nada foi esquecido, desde o musical ao fogo-de-artifício. Não falta a tradicional Banda Filarmónica, o Quim Barreiros e magníficos conjuntos. Os horários para as actividades, estão bem elaborados.

Eu, sinceramente, faço questão de registar neste meu/vosso humilde espaço virtual a intenção de prestar uma GRANDE HOMENAGEM a esta Comissão de Festas, ao mesmo tempo que englobo todos quantos já tiveram o privilégio de ao longo dos anos prestarem este grande serviço em prol da nossa aldeia. A todos o meu Bem-hajam e que S. Roque nos proteja para dar continuidade às nossas festividades e tradições.

Para ilustrar este trabalho, aqui vos deixo o Programa das festas, gentilmente cedido pelos mordomos.

FestasParada - 2014  cartaz_BTT-Parada-2014-(1)[1]

Força PARADENSES, a festa vai ser de arromba. Juntando a minha voz à dos mordomos, deixo-vos o pedido para que todos compareçamos em força na nossa terra e mais uma vez a dignifiquemos e honremos. A todos cumprimento e englobo num fraternal abraço.

Manuel Afonso ( Manuel Silvino )

0 comentários: